Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OrganizaTE in Trio

Um blog para a partilha de dicas relativamente à organização de Casa, Tempo e Finanças e como isso pode contribuir para a nossa felicidade!

Método dos Envelopes - OganizaTE in Finanças

Olá gente organizada!

Se não perdeste pitada deste blog, no último post de organizaTE in finanças (podes rever aqui) apresentei a pay check-list que usa envelopes na gestão mensal e curto prazo do dinheiro.

metodo envelopes.jpg

Hoje escrevo-te mais ao detalhe sobre o método dos envelopes. Transcrevo o que podes encontrar no e-book que escrevi de "Poupar só 12 dias por ano" (se quiseres ter o e-book completo pergunta-me como  ).

Com envelopes brancos, coloridos ou personalizados, pequenos ou grandes o primeiro passo com este método é comprar 10 envelopes e dividi-los pelas seguintes categorias:
1. Casa – renda ou prestação, condomínio, água, luz, gás, internet, seguro, IMI,...

2. Carro – seguros, combustível, portagens, oficina,...

3. Saúde – seguros, medicamentos, consultas, exames,...

4. Educação – livros, mensalidades escolares, cursos, workshops, transporte escolar, creche e infantário,...

5. Supermercado – alimentação, produtos de limpeza e higiene,... 6. Lazer – viagens, restaurantes, cinema, passeios,…

7. Compras – artigos que não estão nas outras categorias, calçado e roupa, perfumes, presentes,...

8. Dívidas – tudo o que se paga com juros

9. Fundo de emergência

10.Investimento – montante para investir

 

No primeiro mês não são usados os envelopes do Fundo de Emergência e de Investimento. Nos restantes devemos apontar, a lápis, quanto pensamos gastar durante o mês em cada um deles (género de orçamento ou usando a tal pay check-list) e ao longo desse mês colocamos dentro dos envelopes os comprovativos de compra/despesas. No fim do mês devemos fazer contas e verificar se o valor previsto é igual ao valor realmente gasto. Os envelopes com maior diferença, são considerados os envelopes inimigos e por conseguinte aqueles a que devemos prestar mais atenção e cuidado.


No 2º mês e seguintes, o desafio aumenta, pois a distribuição do dinheiro já será pelos 10 envelopes. Tendo uma ideia melhor do quanto se gasta em cada categoria, distribuímos os rendimentos por eles, limitando os gastos somente ao que está em cada envelope (ajustando as contas até conseguir a proporção ideal). O envelope de Investimento, entre 5% a 10% do rendimento, deverá ser aplicado em investimentos que rendem mais que a inflação.

 

Se te orientas com o dinheiro podes não usar os envelopes todos e fazer transferências para o fundo de emergência, investimento...para o imi do ano seguinte...e assim não ter necessariamente envelopes para todas as categorias.

 

Por aqui temos neste momento 6 envelopes...

dcd0814f-4e22-45ed-97ab-ac49822c8a3a.jpg

Tudo o resto é gerido online na conta bancária com a transferência entre contas a dizer exatamente para que é o dinheiro pois são poupanças a médio/longo prazo.

conta.jpg

Não deixo todas em automático pois é conforme os rendimentos mensais. Usamos muito subsídio de férias e natal e reembolso de IRS para impostos como IMI, Seguros Casa, Carro, IUC, fundo emergência, investimentos,...

 

E tu também usas esta técnica ou uma espécie dela?

 

 

Se me quiseres "pagar um café" e contribuir para o crescimento deste blog - Aqui

1 comentário

Comentar post